Saúde Brumadinho

O Projeto Saúde Brumadinho é uma pesquisa domiciliar coordenada pela Fundação Oswaldo Cruz em Minas Gerais (Fiocruz Minas) e pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), que visa a avaliar as condições de saúde dos residentes no município de Brumadinho, MG, após a queda da barragem do Córrego do Feijão.

Foi realizado em cerca de 1.500 domicílios particulares, sendo aplicada a todos os domicílios das comunidades de Pires, Parque da Cachoeira e Córrego do Feijão, e também em uma amostra de domicílios localizados nas outras comunidades de Brumadinho. Ao fim da coleta de dados, realizada pela Science, foram entrevistados 3.080 moradores, representando 86,4% dos 3.563 elegíveis ( 12 anos ou mais de idade) para a pesquisa.

Os moradores entrevistados responderam a um questionário com informações sobre o domicílio, sua alimentação, seu uso dos serviços de saúde e suas condições de saúde dentre outras informações. Além disso, foi feita a coleta de sangue e urina para realização de exames, incluindo a dosagem de metais e teste para COVID-19.

Site oficial

 

 

Newsletter